Os usuários do transporte público de Toledo, no oeste do Paraná, passam a pagar R$ 0,10 a menos pela passagem de ônibus a partir desta terça-feira (17). Com a redução prevista pelo Termo Aditivo ao Contrato de Concessão 359/2003, assinado no dia 30 de julho, a tarifa passa de R$ 2,55 para R$ 2,45 e não poderá sofrer ajustes até setembro de 2014. De acordo com a prefeitura, as mudanças levaram em conta as propostas discutidas durante a audiência pública realizada no dia 28 de junho.

O termo que renova por mais cinco anos a prestação do serviço de transporte público no município determina ainda a criação do “Passe Atleta” – 100 cartões de transporte com 44 créditos mensais para esportistas credenciados -, manutenção do emprego dos cobradores, criação de uma linha especial em micro-ônibus movido a biogás, com tarifa reduzida até metade do valor normal, e fixação de mapas com itinerários, linhas e horários dos ônibus nas paradas cobertas.

Entre os investimentos previstos estão a melhoria da frota e do sistema de bilhetagem eletrônica, adaptação de todos os veículos para garantir condições de acessibilidade a idosos e deficientes, implantação em até dois anos de um sistema de monitoramento e controle eletrônico da frota por GPS, reforma, revitalização e ampliação de terminais e pontos de ônibus e a contratação de um estudo técnico para a proposição de um novo plano diretor de transportes.

Subsídio
No Paraná, ao menos outros onze municípios reduziram as tarifas do transporte público entre junho e julho. Com os subsídios garantidos pelos governos federal, estadual e municipais, os descontos na passagem de ônibus em Curitiba e em algumas das principais cidades do interior variaram entre R$ 0,05, como em Foz do Iguaçu, no oeste do estado, e R$ 0,30, em Cianorte, no noroeste.